Thursday, 23 August 2012

SANKOFA



Ha’ episodios de vida que nao acontecem todos os dias, nem em as todas as vidas, pelo que se tornam dignos de registo…
Como o que aconteceu nos ultimos tres dias, desde que, por mero acaso, passou-me pelos olhos no meu ‘news feed’ (e creio que nao estarei a exagerar se suposer que apenas vejo menos de 10% do que por ai aparece) um post da Cassandra Wilson sobre um debate que ela vinha tendo com uma sua seguidora aqui no FB sobre as comparacoes entre a pratica da escravatura no periodo pre-colonial e o comercio transatlantico de escravos.
Perante um tema que, desde que criei este blog, tem ocupado tanto do meu tempo, energia e emocoes, imediatamente fui a pagina dela, onde acabei por participar e por partilhar estes posts:


Ela fez um ‘like’ em todos os meus comentarios e sobre o primeiro dos posts, do qual ela adaptou o texto da Carta do Rei do Kongo e publicou ontem como um post ‘stand alone’ na sua pagina, escreveu isto:

Cassandra Wilson: Thank you so much for this letter, Ana Koluki. Brilliant!
Yesterday at 4:53pm · 

Ana Koluki You are welcome! Just doing my part.
23 hours ago .

[Podera’ ver a transcricao das partes relevantes do debate aqui]

Bom, para quem tenha lido o que eu aqui escrevi ha' cinco anos (!) sobre o show dela que fui ver aqui em Londres, podera’ imaginar o que foi para mim ter este contacto com ela – e, by the way, ela tambem fez um post agradecendo a Angola por a ter convidado a participar no recente Luanda Jazz Fest, no qual eu tambem fiz um comentario agradecendo-lhe apesar de nao poder ter la’ estado…

Mas nao foi apenas o ter podido ter esse contacto: o que para mim torna este episodio tao especial e’ o tema a volta do qual nos “reencontramos” – o trafico trans-atlantico de escravos. Um reencontro nao apenas de duas pessoas que apenas por acaso se encontraram uma vez, mas tambem de uma Africana descendente do Reino do Kongo e uma Afro-Americana supostamente “descendente de escravos”…

Julgo que nesses encontros e reencontros viajamos ambas nas asas do mesmo Sankofa!



Ha’ episodios de vida que nao acontecem todos os dias, nem em as todas as vidas, pelo que se tornam dignos de registo…
Como o que aconteceu nos ultimos tres dias, desde que, por mero acaso, passou-me pelos olhos no meu ‘news feed’ (e creio que nao estarei a exagerar se suposer que apenas vejo menos de 10% do que por ai aparece) um post da Cassandra Wilson sobre um debate que ela vinha tendo com uma sua seguidora aqui no FB sobre as comparacoes entre a pratica da escravatura no periodo pre-colonial e o comercio transatlantico de escravos.
Perante um tema que, desde que criei este blog, tem ocupado tanto do meu tempo, energia e emocoes, imediatamente fui a pagina dela, onde acabei por participar e por partilhar estes posts:


Ela fez um ‘like’ em todos os meus comentarios e sobre o primeiro dos posts, do qual ela adaptou o texto da Carta do Rei do Kongo e publicou ontem como um post ‘stand alone’ na sua pagina, escreveu isto:

Cassandra Wilson: Thank you so much for this letter, Ana Koluki. Brilliant!
Yesterday at 4:53pm · 

Ana Koluki You are welcome! Just doing my part.
23 hours ago .

[Podera’ ver a transcricao das partes relevantes do debate aqui]

Bom, para quem tenha lido o que eu aqui escrevi ha' cinco anos (!) sobre o show dela que fui ver aqui em Londres, podera’ imaginar o que foi para mim ter este contacto com ela – e, by the way, ela tambem fez um post agradecendo a Angola por a ter convidado a participar no recente Luanda Jazz Fest, no qual eu tambem fiz um comentario agradecendo-lhe apesar de nao poder ter la’ estado…

Mas nao foi apenas o ter podido ter esse contacto: o que para mim torna este episodio tao especial e’ o tema a volta do qual nos “reencontramos” – o trafico trans-atlantico de escravos. Um reencontro nao apenas de duas pessoas que apenas por acaso se encontraram uma vez, mas tambem de uma Africana descendente do Reino do Kongo e uma Afro-Americana supostamente “descendente de escravos”…

Julgo que nesses encontros e reencontros viajamos ambas nas asas do mesmo Sankofa!

No comments: