Sunday, 13 November 2011

Abrindo a Caixa de Pandora (I) [R*]



[“E’ ‘chato’ para o Popper” , mas…]




O sucesso (orgulhosamente) no feminino


Paula Santana, uma mulher de raça!


A senhora (...) ou simplesmente Paula Santana, como os mais íntimos a tratam, a nossa mais nóvel
colaboradora, que se estreia neste número do Angolense, é um dos maiores exemplos de sucesso no feminino.
Actualmente baseada em Londres, onde é assessora económica internacional, a antiga jornalista da Angop tem um
currículo de fazer inveja até a muitos homens,
qual deles o mais «cientista», com quem rivaliza completamente à vontade, como se não fosse um espécime do chamado «sexo fraco». Aliás, se o seu sucesso servisse como
exemplo generalizador, este conceito teria de ser completamente
alterado, porque de fracas, afinal, as mulheres pouco ou nada têm.
(...)
De qualquer forma, já deu para perceber que Paula Santana é, na verdade, das mulheres bem mais sucedidas de que nos podemos orgulhar.
É o que se pode chamar de uma mulher de raça!




Tudo leva a crer que esse ‘introito’ – de ha’ 8 anos e que nos ultimos dias encontrei, por mero acaso, no mesmo site onde descobri a materia do ultimo comentario a este post – inteiramente da lavra (suponho que apenas com base no meu CV) do (ora em 'vias de auto-extincao'?) SA, tera’ estado na origem de (quase) tudo o que de horribilis , no quadro desta campanha, me tem acontecido de ha’ uns tempos a esta parte e particularmente desde a criacao deste blog…

Ah… e a foto (que tanto mal parece fazer a alguns homo videns e insapiens...)!

Ah… e a raca (que tanto incomodo parece causar a certas feministas da negritude branca pos-colonial...)!


["Star"?! Xe', quale la' "star" maze' pa'!!!… Claramente era preciso "falsifica-la" para “restabelecer a ordem”! ... era preciso "po-la no seu lugar"!... era preciso "lembrar-lhe a sua condicao de 'poetisa menor'"! ... era preciso "faze-la portadora de falsos diplomas"!... era preciso "torna-la uma mendiga e servical esmolando 'gasosas'"! era preciso "torna-la deselegante"!... era preciso "faze-la cheirar mal"!... era preciso "torna-la uma pobre e insignificante criatura rejeitada"!... era preciso "arrastar-lhe o nome pela lama"!... era preciso "transforma-la numa insuportavel dama de sapato vermelho"!... era preciso "conota-la com 'monstros raciais' e 'taras tribais'!... era preciso "faze-la infiltradora de reunioes de peritos"!... era preciso "esmaga-la como a uma barata"!...]

Enfim... coisas e loisas da "neofita ideologia dos (pretensos) afectos" !...


Post Relacionado:

Ao que algumas 'bloggers' estao sujeitas


*[Postado inicialmente a 02/06/10 - Repostado a proposito disto]



[
“E’ ‘chato’ para o Popper” , mas…]




O sucesso (orgulhosamente) no feminino


Paula Santana, uma mulher de raça!


A senhora (...) ou simplesmente Paula Santana, como os mais íntimos a tratam, a nossa mais nóvel
colaboradora, que se estreia neste número do Angolense, é um dos maiores exemplos de sucesso no feminino.
Actualmente baseada em Londres, onde é assessora económica internacional, a antiga jornalista da Angop tem um
currículo de fazer inveja até a muitos homens,
qual deles o mais «cientista», com quem rivaliza completamente à vontade, como se não fosse um espécime do chamado «sexo fraco». Aliás, se o seu sucesso servisse como
exemplo generalizador, este conceito teria de ser completamente
alterado, porque de fracas, afinal, as mulheres pouco ou nada têm.
(...)
De qualquer forma, já deu para perceber que Paula Santana é, na verdade, das mulheres bem mais sucedidas de que nos podemos orgulhar.
É o que se pode chamar de uma mulher de raça!




Tudo leva a crer que esse ‘introito’ – de ha’ 8 anos e que nos ultimos dias encontrei, por mero acaso, no mesmo site onde descobri a materia do ultimo comentario a este post – inteiramente da lavra (suponho que apenas com base no meu CV) do (ora em 'vias de auto-extincao'?) SA, tera’ estado na origem de (quase) tudo o que de horribilis , no quadro desta campanha, me tem acontecido de ha’ uns tempos a esta parte e particularmente desde a criacao deste blog…

Ah… e a foto (que tanto mal parece fazer a alguns homo videns e insapiens...)!

Ah… e a raca (que tanto incomodo parece causar a certas feministas da negritude branca pos-colonial...)!


["Star"?! Xe', quale la' "star" maze' pa'!!!… Claramente era preciso "falsifica-la" para “restabelecer a ordem”! ... era preciso "po-la no seu lugar"!... era preciso "lembrar-lhe a sua condicao de 'poetisa menor'"! ... era preciso "faze-la portadora de falsos diplomas"!... era preciso "torna-la uma mendiga e servical esmolando 'gasosas'"! era preciso "torna-la deselegante"!... era preciso "faze-la cheirar mal"!... era preciso "torna-la uma pobre e insignificante criatura rejeitada"!... era preciso "arrastar-lhe o nome pela lama"!... era preciso "transforma-la numa insuportavel dama de sapato vermelho"!... era preciso "conota-la com 'monstros raciais' e 'taras tribais'!... era preciso "faze-la infiltradora de reunioes de peritos"!... era preciso "esmaga-la como a uma barata"!...]

Enfim... coisas e loisas da "neofita ideologia dos (pretensos) afectos" !...


Post Relacionado:

Ao que algumas 'bloggers' estao sujeitas


*[Postado inicialmente a 02/06/10 - Repostado a proposito disto]

5 comments:

Veronica Benesi said...

Adorei a foto, que revela uma mulher não somente bonita, mas também de pura raça. Tenho muito orgulho de ter conhecido você (ainda que virtualmente, por enquanto...).
Beijos e parabéns

Koluki said...

Obrigada, minha mana.
Cumprimentos e orgulho amplamente retribuidos.
Um dia ainda nos havemos de conhecer pessoalmente!

Beijo grande e parabens para si tambem

umBhalane said...

Já somos dois, Verónica.

Cumprimentos, "a ambas as duas".

Veronica Benesi said...

Certamente, mAna, que ainda nos havemos de conhecer pessoalmente. Meu marido tem planos de uma "meia aposentadoria para 2011. Aí quem sabe?...

umBhalane, obrigada pelos cumprimentos.

Abraços do Brasil para vocês dois

Koluki said...

Querida mana, abracos de volta e ate' ao encontro quando for possivel.

Bjs.