Thursday, 12 June 2008

TIME OUT!

[...]

13 comments:

João said...

�You don�t argue with stupidity, less still with irrationality�!
(�)

Que pena a KOluki n�o observar � risca esta ideia.

Xaxuaxo

umBhalane said...

ANA

É com tristeza, e com uma profunda decepção (não digo mágoa, tristeza, …) que vejo escrito a sua decisão de abandonar DEFINITIVAMENTE, o que chama de lusofonia.

Ainda sou do tempo em que os bons ganhavam sempre aos bandidos, quem quer que eles fossem.

Estamos num tempo diferente, eu sei!

Não vou tecer quaisquer comentários “maka” (não sei se cheguei a aprender correctamente, se tive tempo, ou cheguei tarde demais), apenas lhe dizer, que tudo o que disse e ficou por dizer, foi pouco.

O que quero mesmo, é transmitir-lhe a minha profunda admiração/respeito em 1º lugar, e simultaneamente a minha solidariedade incondicional.

A Ana faz falta, muita falta no mundo da blogosfera, qualquer que ela seja, e a de expressão em língua portuguesa, em particular.

Não preciso relembrar-lhe o 1º comentário que fiz na sua “casa”. Foi verdadeiro, sentido.

A Ana é uma Mulher inteligente, prática, e racionalmente equilibrada e honesta.

A Ana é uma Mulher de lutas, de batalhas, de convicções profundas.

A Ana sabe, muito melhor do que eu, a quantidade de leitores de Países que TAMBÉM se expressam em Português, que a visitam.

2.870 Brasil

2.698 Portugal

0641 Angola

0210 Moçambique

0016 Cabo Verde

0007 Macau

0002 Guiné-Bissau

0002 STPríncipe



Os milhares da diáspora.

Os milhares de “primos” em Galego/Catalão/Valenciano/Castelhano.



Valemos menos que 1, 1 só, crápula?

Vale o crápula assim tanto?

Valemos assim tão pouco?



NÃO.

DEFINITIVAMENTE, não.



Eu recuso-me.



A Ana nada nos deve, que fique bem claro.

É nossa credora.



Nós devemos-lhe a partilha dos seus conhecimentos, o trabalho de manter aceso o espaço que nos proporciona, a sua entrega.

E mais, muito mais.



E eu, particularmente, lhe devo um muito obrigado, e um pedido sincero e profundo, para que definitivamente



FIQUE.



Um grande, e solidário, abraço.



umBhalane





PS – Pode utilizar como, e quando quiser.

Koluki said...

umBhalane: respondi-lhe no post anterior.
Mais uma vez obrigada.

Koluki said...

Joao (ou sera', a julgar pelo 'xaxuaxo', Kim): nao sou, nem nunca me pretendi, "super woman" e, como em tudo na vida, ha' limites para tudo!
E, ja' agora, uma coisa em que esses "estupidos e irracionais" baseiam o seu ilimitado auto-convencimento e' a conviccao de que as suas vitimas jamais reagirao publicamente. E' disso que eles retiram o prazer (por isso dizem "I love this game"...): na desmoralizacao total da vitima, que e' tanto maior quanto menos ela denunciar o abuso!
Por isso, apenas me limitei neste caso a cumprir o que tinha dito no meu AVISO PREVIO.

KimdaMagna said...

Tem razão saiu João não sei porque.

Eu sei que por vezes é muito díficil passarmos por cima das alimárias.No fundo manifesto minha soliariedade. Nós / A Lusofonia não queremos o seu silêncio nem inacção.
Se a Koluki parar, desistir essa será a vitória dele/s alimárias.
Portanto, " aguenta-te sempre" é um dizer açoriano ( também lusófono).

Eu estou incondicionalmente do seu lado. O prazer e conhecimento que recebo do seu Blogue é um bem que não gostaria de perder.,

Xaxuaxo

VDV said...

Acho bem que tires umas boas férias disso tudo. Aqui ninguém tem dúvidas da verdade dos factos por trás desses ataques todos, até porque a verdade é como o azeite…
Sempre!

Koluki said...

Kim: Muito obrigada pela solidariedade demonstrada, nao so' neste, como noutros momentos desde que ambos iniciamos esta aventura por trilhos cheios de armadilhas na blogosfera!

Xaxuaxo.

Koluki said...

VDV: Obrigada pela forca. Sempre!

luis said...

I know that you will Always Stand Up for what u believe and I draw strenght from you...even when I am absent from commenting on ur posts...U r a free soul and when we r free there are always those who feel threaten by our freedom..dont´t give up!

Love and c u soon,
L from Lisbon

Koluki said...

Luis, ja' alguma vez te disse que es mesmo um quido amigo, mesmo quando te da' pro torto?
Ja', nao ja'?
Bjs & C U Soon!

Denudado said...

Cara Koluki,

Eu não sou mulher nem negro e, por isso, não estou em condições de poder avaliar toda a espécie de abusos, discriminações, ofensas e outras malfeitorias de que a Koluki tem sido alvo ao longo da sua vida. Mesmo assim, atrevo-me a manifestar-lhe a minha total solidariedade.

A Koluki é uma mulher superior, como Africana que é, e por isso não deve dar demasiada importância a pessoas que não conseguem chegar ao seu nível, por mais que queiram. Lembre-se de que «os cães ladram mas a caravana passa».

Um abraço

Koluki said...

Muito obrigada Denudado.
Nao precisa de ser mulher nem negro, apenas o que verdadeiramente e': um SER HUMANO decente!

Koluki said...

Bom, porque nao desejo, nem nunca desejei, mal a ninguem e porque nao o teria publicado aqui se a tal nao tivesse sido forcada como fui, acabei por decidir retirar definitivamente o post a que este assunto se refere - ate' porque o mal fica sempre com quem o pratica. Mantenho, no entanto, os comentarios que a ele foram feitos por respeito e gratidao para com os amigos que os fizeram:


Thursday, June 12, 2008
umBhalane said...
ANA

É com tristeza, e com uma profunda decepção (não digo mágoa, tristeza, …) que vejo escrito a sua decisão de abandonar DEFINITIVAMENTE, o que chama de lusofonia.

Ainda sou do tempo em que os bons ganhavam sempre aos bandidos, quem quer que eles fossem.

Estamos num tempo diferente, eu sei!

Não vou tecer quaisquer comentários à “maka” (não sei se cheguei a aprender correctamente, se tive tempo, ou cheguei tarde demais), apenas lhe dizer, que tudo o que disse e ficou por dizer, foi pouco.

O que quero mesmo, é transmitir-lhe a minha profunda admiração/respeito em 1º lugar, e simultaneamente a minha solidariedade incondicional.

A Ana faz falta, muita falta no mundo da blogosfera, qualquer que ela seja, e a de expressão em língua portuguesa, em particular.

Não preciso relembrar-lhe o 1º comentário que fiz na sua “casa”. Foi verdadeiro, sentido.

A Ana é uma Mulher inteligente, prática, e racionalmente equilibrada e honesta.

A Ana é uma Mulher de lutas, de batalhas, de convicções profundas.

A Ana sabe, muito melhor do que eu, a quantidade de leitores de Países que TAMBÉM se expressam em Português, que a visitam.

2.870 Brasil

2.698 Portugal

0641 Angola

0210 Moçambique

0016 Cabo Verde

0007 Macau

0002 Guiné-Bissau

0002 STPríncipe



Os milhares da diáspora.

Os milhares de “primos” em Galego/Catalão/Valenciano/Castelhano.



Valemos menos que 1, 1 só, crápula?

Vale o crápula assim tanto?

Valemos assim tão pouco?



NÃO.

DEFINITIVAMENTE, não.



Eu recuso-me.



A Ana nada nos deve, que fique bem claro.

É nossa credora.



Nós devemos-lhe a partilha dos seus conhecimentos, o trabalho de manter aceso o espaço que nos proporciona, a sua entrega.

E mais, muito mais.



E eu, particularmente, lhe devo um muito obrigado, e um pedido sincero e profundo, para que definitivamente



FIQUE.



Um grande, e solidário, abraço.



umBhalane





PS – Pode utilizar como, e quando quiser.

Thursday, June 12, 2008
Anonymous said...
So uma pergunta dentro da sua optica: Barack Obama nao eh tambem mulato? Pois eh de pai negro e mae branca? Entao parce que ha alguma contradicao no que diz e anda a pregar no deserto.

Thursday, June 12, 2008
Koluki said...
Caro umBhalane:

Tomei devida nota da sua mensagem.
Nao estou no melhor dos espiritos para lhe responder adequadamente neste momento.
Queria apenas esclarecer, a si e a outros amigos que me enviaram mensagens de solidariedade por email, que nao decidi encerrar DEFINITIVAMENTE o blog.
Decidi apenas encerra-lo (no sentido de suspender as postagens) temporariamente porque, absolutamente, preciso de algum TIME OUT da blogosfera.

Obrigada.

Friday, June 13, 2008
Koluki said...
Caso o "Anonimo" saiba ler repito aqui um extracto do que escrevi acima:

"Havera’, certamente, excepcoes a regra, mas sou capaz de apostar que elas se encontrarao mais facilmente fora do espaco lusofono…"

E, como certamente tera' alguma dificuldade em compreender, Barack Obama, tal como a generalidade dos 'mulatos' Americanos assume-se e sempre se assumiu como NEGRO em todos os aspectos da sua vida publica e privada...

Friday, June 13, 2008
DIASPORENSE said...
Aqui tens o abraco do tamanho da nossa ANGOLA de um BROTHER que se nao tem estado sempre presente esta sempre SOLIDARIO!

Saturday, June 14, 2008
Koluki said...
Diasporense: Obrigada BRO!

Sunday, June 15, 2008
Koluki said...
N.B.
umBhalane: outra coisa que tenho desde ja' que clarificar e' que quando falo em "afastar-me DEFINITIVAMENTE" nao me estou a referir a Lusofonia, mas apenas ao sujeito a quem me dirijo naquela mensagem - que foi escrita em Marco, como alias todas as outras que aqui expus como 'background'. Tanto e' assim que nao so' continuei a 'blogar' em Portugues desde Marco, como ate' fui a Lisboa pela primeira vez em 12 anos depois disso...

Abraco.

Sunday, June 15, 2008
luis said...
E outro abraço solidário de Lisboa!
Don´t Give Up!
L

Monday, June 16, 2008
Koluki said...
Thanks a lot L.
I never give up... it's the up that sometimes gives down on me!
K&H

Monday, June 16, 2008