Wednesday, 9 December 2009

"ESQUERDA DEMOCRATICA"?

Com a devida venia...

Para todos os efeitos teoricos e praticos, e ate' onde e' possivel divisar, em Angola nao ha' "esquerda" (pelo menos coerente e organizada), nem "democracia"!
Dentro ou fora do MPLA!

[Ha' quem tambem chame a isso um oxymoron...]


[imagem daqui]

ADENDA: Entretanto, pela primeira vez na sua historia, o MPLA decidiu abandonar a votacao por "mao no ar" em Congresso, a favor do "voto secreto"... ou, em presenca de um candidato unico a Presidencia do partido e sem a possibilidade de abstencao, talvez fosse mais apropriado falar de algo como "voto discreto"?
Nao deixo, no entanto, de admitir que para quem, como eu, fez parte da organizacao e esteve presente no Primeiro Congresso do MPLA-PT, o tal que decorreu "sob o olhar silencioso de Lenine", este e' sem duvida "um passo em frente" no sentido da democratizacao interna do partido, que esperemos se venha a espelhar na democratizacao do pais. Esperemos tambem que nao se lhe sigam, como dizia o mesmo Lenine, "dois passos a retaguarda"!
Com a devida venia...

Para todos os efeitos teoricos e praticos, e ate' onde e' possivel divisar, em Angola nao ha' "esquerda" (pelo menos coerente e organizada), nem "democracia"!
Dentro ou fora do MPLA!

[Ha' quem tambem chame a isso um oxymoron...]


[imagem daqui]

ADENDA: Entretanto, pela primeira vez na sua historia, o MPLA decidiu abandonar a votacao por "mao no ar" em Congresso, a favor do "voto secreto"... ou, em presenca de um candidato unico a Presidencia do partido e sem a possibilidade de abstencao, talvez fosse mais apropriado falar de algo como "voto discreto"?
Nao deixo, no entanto, de admitir que para quem, como eu, fez parte da organizacao e esteve presente no Primeiro Congresso do MPLA-PT, o tal que decorreu "sob o olhar silencioso de Lenine", este e' sem duvida "um passo em frente" no sentido da democratizacao interna do partido, que esperemos se venha a espelhar na democratizacao do pais. Esperemos tambem que nao se lhe sigam, como dizia o mesmo Lenine, "dois passos a retaguarda"!

2 comments:

umBhalane said...

Shhhhiiiiiiiiiiiiiiii!

Eu que pensava que havia/há uma democracia madura, a vigorar num amplo sistema multipartidário!

Uma democracia "inclusiva".

Koluki said...

Pois e', pois e'.
Mas digamos, conclusivamente, que "ha' democracias e democracias"...