Saturday, 12 May 2007

O CUMULO...

... DA "SEDE"?!

ISTO E' LUANDA...

(VER MAIS FOTOS AQUI)

***

THE PICTURE IS: self-evident. THE STORY IS: about the degradation of Angola's capital city, with its lack of infrastructure, effective public services and basic sanitation. To make things worse, because of the war, whose social and psychological effects are still present and unresolved everywhere, people from all over the country moved into the capital and started building everywhere and anywhere... and, without any maintenance services, most areas, including the urbanised areas, cannot cope with heavy rains and floods such as those occurred in the last few months in Luanda and the rest of the country. And treated water for consumption is still a scarce resource everywhere... THE IRONY IS: this is the same country from which the clear and pure waters of the Okavango Delta, seen in the previous post, spring from and which my mokoro's poler told me the local people drink safely - I even tasted it... THE QUESTION IS: whether drinking from a pool of putrefied waters is a simple case of thirst or just plain dementia!

... DA "SEDE"?!

ISTO E' LUANDA...

(VER MAIS FOTOS AQUI)

***

THE PICTURE IS: self-evident. THE STORY IS: about the degradation of Angola's capital city, with its lack of infrastructure, effective public services and basic sanitation. To make things worse, because of the war, whose social and psychological effects are still present and unresolved everywhere, people from all over the country moved into the capital and started building everywhere and anywhere... and, without any maintenance services, most areas, including the urbanised areas, cannot cope with heavy rains and floods such as those occurred in the last few months in Luanda and the rest of the country. And treated water for consumption is still a scarce resource everywhere... THE IRONY IS: this is the same country from which the clear and pure waters of the Okavango Delta, seen in the previous post, spring from and which my mokoro's poler told me the local people drink safely - I even tasted it... THE QUESTION IS: whether drinking from a pool of putrefied waters is a simple case of thirst or just plain dementia!

10 comments:

Sailor Girl said...

Meu Deus!... Quase não consigo acreditar!!! Meu Deus!!!

Maria Muadié said...

Muito impressionante esta foto. Muito impressionante este acontecimento,lá em Luanda, aqui no Brasil...

O autor da foto, quem é?
Um abraço,
Martha

Bató said...

É assim.........em Luanda...e as crianças também costumam brincar nestas lagoas deixadas pelas chuvas.Pessoas e animais costumam partilhar e conviver neste espaço (a lagoa deixada pela chuva)para brincadeiras ( as crianças) refrescar a cara e os braços ou matar a sede pessoas e bichos, pois o calor aperta e....quando se trata de sede em tempo de MUITO CALOR.....qualquer água serve....
Há pouca consciência dos perígos que estas águas contaminadas representam para a saúde publica, por parte da poulação mais carenciada, por falta de informação e formação.

Koluki said...

Sailor Girl: nao acredito que alguem, tal como voce, perante esta imagem consiga acreditar no que ve!

Martha: No Brasil tambem ha imagens destas? Me conta!
Quanto ao autor da foto, recebi-a entre varias outras, por um e-mail entitulado "O Grito", que continha este comentario:

"Recebi de um colega que está em missão no Congo! Atenção: É Luanda! Carissímos,

Vejam a que ponto chegamos, o estado lastimoso das vias e reparem bem na
foto em que o homem esta a beber àgua" agua esta putrificada", a sede é tanta e
o calor tb que se faz sentir na capital do Pais, que o homem não teve
alternativa senão saborear o prestimoso liquido que a muito faz falta em
diversos lares.

Façam uma reflexão sobre a situacão em que nos encontramos... a nossa cidade degrada-se a uma velocidade alarmante, aos olhos de todos e atitude de ninguém.

a falta de educação e de civismo, o estado de "stress" (a palavra da moda que anda na boca de toda gente), faz com que nos tornemos todos "doentes mentais" capazes de conviver com esse drama... sim, porque o que acontece é que no fundo, apesar de reclamarmos tanto, nada fazemos p/ mudar, porque adaptamo-nos aos problemas. e só um demente é capaz de viver nestas condições...

"Se aquele "buraquinho" na estrada a principio era inconsequente, a cratera que surgiu com o desgaste do asfalto, com as águas, etc e tal, torna-se um obstáculo dificil de transpor, mas com jeitinho, mesmo a reclamar, haveremos de passar, ou entao, o melhor será mesmo comprar um carro mais alto e com tracção às 4 rodas..."


meus caros amigos, Luanda está a morrer, e nós os seus habitantes estamos a ir com ela!!!

É inconcebivel! Não se consegue viver assim, por melhores condições que se possa criar, ter um bom carro, um gerador, uma casa bem mobilada, enfim... mas, basta sair de casa p/ ver este cenário que vemos nas fotos em anexo, porque agora nao ha diferença entre a baixa e o musseque.

estou IRRITADA, CHATEADA, MAL DISPOSTA!


Fiquem bem, se conseguirem."


Um abraco!

Bató said...

Esta imagem, não diz respeito a um buraco que se formou na estrada, Ana....é ao lado de uma estrada asfaltada...repara bem.... e certamente estará ela também em mau estado.Este é um dos bairros típicos dos arredores de Luanda, onde não existem nem esgotos nem saneamento básico e, quando chove o cenário é este!!Águas paradas, cheias de mosquitos, onde porcos, patos galinhas, e seres humanos partilham o precioso líquido inquinado!!E aida há quem aproveite para lavar alguma roupa aqui........também já vi.....A falta de água é um drama em Luanda.Contudo existe em abundância na Natureza, dada a riqueza da rede hidrográfica do país e da pluviosidade.
É isso mesmo...hoje em dia em Luanda compram-se jeeps para andar na cidade e arredres, pois as estradas esão impraticáveis!! Não se concertam estradas;não se cosntroem infra-estruturas para levar o saneameto básico a todo olado......não...compram-se jeeps, para poderem andar em cima da desgraça alheia!! Tem-se tanques subterrâneos ou em lusalite de enorme capacidade ( entre 2 a 20 000l) em cada residência, com electrobombas, geradores potentes e guardas, por turnos...gente pobre, mal remunerada, sem direitos nem condições.....é a Luanda dos nossos dias....é o país que as elites estão a (des)construir....
Queres ir lá tentar mudar?
Cabeças pensantes, corações honestos e de intenções elevadas, são uma ameaça ao status quo....tu mesmo o disseste e.....MUITO BEM, num post recentemente aqui deixado.
De qualquer modo, se um dia pegares na trouxa para regressarese, e decidires com outros cidadãos honestos e verdadeiramente cosncientes da responsabilidade ( não dos direitos e regalias, mas dores de cabeça e muito trabalho)que é a construção de um país...tens-me aqui...também vou(sem paternalismos!!....espero que isso seja claro!)
Hoje também passei um dia....mal disposto....são demasiadas as desgraças que vão por este nosso planeta fora

Koluki said...

Bato',

Concordo inteiramente com tudo o que diz e eu melhor nao o articularia. Quanto ao "buraquinho na estrada" acho que a comentadora estava a referir-se a uma das outras fotografias que acompanhavam o email. Vou posta-las aqui em anexo assim que poder.
Agora, quanto a la' ir mudar as coisas, claro que pretendo contribuir como poder para a mudanca, esteja onde estiver, mas ainda nao estou em condicoes de arrumar as imbambas e regressar ja'... mas vai acontecer mais tarde ou mais cedo e ai... VAMOS JUNTAS! Isto se a Bato' nao for antes de mim, porque certamente Angola precisa de si e de todos nos!

Koluki said...

N.B.: No comentario anterior, onde se le "poder" leia-se "puder"... Coisas e loisas da lingua que nos vai pregando cada vez mais partidas... Mas sera' que se nota assim tanto a diferenca, ou serei apenas eu tentando ser o mais "portuguese-correct" possivel?

Joshua said...

That is a very stark and thought provoking image. There is nothing more to add to it.

Ibn Luanda said...

Tenho mais fotos para mostrar. Acho que do mesmo tempo que istas.

http://www.flickr.com/photos/60798536@N00/sets/72157594535237544/

Koluki said...

Joshua: You're absolutely right. I just added a few words to the post so that English readers could get the gist of the comments made here in Portuguese.

Ibn Luanda: Obrigada pelas fotos adicionais. Interessante blog o seu.